Diabetes e tatuagem: veja quais são os cuidados essenciais

Diabetes e tatuagem Clube do Diabetes

E aí, diabéticos podem ou não ter desenhos na pele?

Se você convive com o tipo 1 ou 2 do diabetes, sabe muito bem que é preciso ter cuidados especiais quando o assunto é a sua pele. E se você gosta de tatuagem, com certeza já passou por sua cabeça se é possível fazê-las sem acarretar em nenhuma complicação, não é?

E pode ficar tranquilo e animado. Porque, sim, independentemente do diabetes, tipo 1 ou 2, você pode fazer tatuagens. Porém, é preciso ficar atento a alguns detalhes. O primeiro passo é conversar com seu médico sobre essa decisão. Então, aproveite e tire todas as suas dúvidas em relação ao processo!

Inspiração de tatuagem para diabéticos Clube do Diabetes

Cuidados

Outro ponto importante sobre diabetes e tatuagem é a cicatrização. Existe a possibilidade do desenvolvimento de infecções que, caso venham acontecer, podem se desenvolver e evoluir para situações mais graves e difíceis de cuidar. Por isso, sua atenção deve se voltar à higiene.

Além disso, é preciso ficar atento à agulha que será usada – que deve ser totalmente esterilizada para evitar o risco de contaminação de doenças transmissíveis, como Hepatite e o HIV.

Inspiração para tatuagem diabetes tipo 1 Clube do Diabetes

Desenhos

Já pensou em fazer uma tatuagem informativa sobre o Diabetes? Dessa forma, se algo acontecer repentinamente com você no meio da rua, por exemplo, as pessoas saberão que você convive com a condição! Essa maneira de identificação é muito útil e pode ser bem estilosa. Na maioria das vezes, os pacientes escolhem tatuar próximo ao local onde são aplicadas as injeções de insulina.

Inspiração de tattoo DM2

Atenção:
  • Para evitar qualquer tipo de problema, tome alguns cuidados:
  • Busque um profissional capacitado e de sua confiança;
  • Escolha um local que atenda as normas de saúde e segurança;
  • Verifique se os materiais usados são descartáveis;
  • Mantenha-se calmo durante a sessão, para evitar desníveis da pressão arterial e de glicose no sangue.

Seguindo essas dicas, sua experiência com a tatuagem será muito divertida, longe de qualquer problema. Mas, reforçamos: antes de tudo, procure sempre seu médico.

E falando sobre cuidados com a pele, confira outras matérias aqui no Clube do Diabetes! Veja:

Por fim, não deixe de seguir o @clubedodiabetes no Instagram! E se tiver algum assunto que você ainda não viu por aqui, deixe nos comentários! Vamos adorar ver a sua sugestão.


SIGA O INSTAGRAM @CLUBEDODIABETES