Aprenda a interpretar os rótulos nutricionais dos produtos

Saiba o que é mais importante para você analisar na tabela nutricional

Rótulos Nutricionais Clube do Diabetes

Se você convive com o diabetes, seja o tipo 1 ou tipo 2, sabe muito bem que manter uma dieta saudável é essencial para o controle da condição. Mas, você sabe como interpretar todas as informações dos rótulos nutricionais dos produtos que consome?

Nessa lista, existem dados do valor energético, quantidade de carboidratos, sódio, fibras, gorduras, vitaminas, proteínas e, além disso, quantidade de açúcar – sendo este o principal componente que o diabético deve se atentar.

Para te ajudar a compreender os dados da tabela nutricional, separamos algumas explicações. Assim, você vai fazer escolhas melhores quando for ao supermercado.

Porção (g ou ml)

Significa a quantidade recomendada de consumo de alimentos para manter uma alimentação saudável. Mas, atenção! Porque, na maioria das vezes, os valores nutricionais correspondem a uma porcentagem do produto, não ao pacote inteiro, por exemplo.

%VD

Essa sigla significa valor diário, ou seja, a quantidade de calorias e nutrientes que esse alimento apresenta em relação a uma dieta de 2.000 calorias por dia.

Valor energético

O valor energético significa as calorias (kcal) do alimento. Essa medida representa a energia que nosso corpo produz após o consumo desse determinado alimento.

Carboidratos

Os carboidratos são fontes de energia para o corpo. Quando não são utilizadas, são estocados em forma de gordura. Por conta disso, é muito importante consumir somente a quantidade necessária desse nutriente para não ficar com sobrepeso.

Consumo diário necessário: 300 g

Proteínas

As proteínas ajudam a conservar células, órgãos e tecidos do corpo, além de proporcionar sensação de saciedade quando ingeridas adequadamente.

Consumo diário necessário: 75 g

Gorduras totais

Esse tipo de gordura ajuda no transporte de vitaminas como A, D, E e K, além de ser uma ótima fonte de energia. Mas é preciso consumir com moderação, pois pode engordar.

Consumo diário necessário: 55 g

Gorduras saturadas

São encontradas em alimentos de origem animal como carnes, leite e seus derivados. Porém, o alto consumo desses produtos podem aumentar o risco de problemas no coração. Então, fique ligado!

Consumo diário necessário: 22 g

Gorduras trans

As gorduras trans são encontradas principalmente em alimentos industrializados que possuem gorduras vegetais hidrogenadas em sua composição como salgadinhos, sorvetes, salsichas e refrigerantes, por exemplo.

Consumo diário adequado: apenas 2 g

Fibras alimentares

São nutrientes importantes para o bom funcionamento do organismo, pois ajudam a controlar a glicemia e o colesterol. As fibras são um aspecto essencial para os diabéticos. Elas podem ser encontradas em frutas, verduras e alimentos integrais.

Consumo diário necessário: 25 g

Sódio

Essencial para a regulação hídrica e o bom funcionamento do cérebro. Entretanto, se consumido em excesso, pode causar a retenção de líquidos e aumento da pressão arterial. Nossa dica é manter distância do sal de cozinha!

Consumo diário necessário: 2.400 mg

Os rótulos nutricionais são feitos para indicar de forma clara, sobre as informações de cada alimento, possibilitando o consumidor a fazer as melhores escolhas na hora das compras.

Falando em alimentação, confira outras receitas aqui no Clube do Diabetes! Veja:

Aproveite para seguir o @clubedodiabetes no Instagram. E se quiser ver algum assunto por aqui, deixe um comentário!


SIGA O INSTAGRAM @CLUBEDODIABETES