Quer uma ajuda para contar carboidratos? Veja algumas dicas!


Não precisa mais sofrer fazendo contas na ponta do lápis. Conheça alguns aplicativos que vão te ajudar no seu dia-a-dia.

Parte do cotidiano de quem é diagnosticado com diabetes é o controle na alimentação. E a contagem de carboidratos consumidos diariamente é uma das indicações dos médicos para fazer esse controle.

Nem sempre a contagem é tão simples, porque a gente pode se confundir com medidas, porções… Mas, a questão é que esse grupo de alimentos é o que mais influencia no aumento de glicose no sangue. Então, é por isso que os médicos insistem em nos fazer contá-los.

Como fazer para contar

Aquela tabelinha de informação nutricional dos alimentos que compramos vai te informar quantos carboidratos são consumidos por porção. Porém, atenção: você precisa realmente calcular a porção que está comendo!

Note que as tabelas, normalmente, não mostram a quantidade de carboidratos do pacote inteiro, mas de uma parte do conteúdo que vem na embalagem. Então, seja honesto e calcule direitinho o que está consumindo a partir da porção que escolheu colocar no prato!

DICA: Você pode ter uma balança portátil para te ajudar na contagem! Existem até modelos bem pequenos que cabem na bolsa ou na mochila!

A partir da indicação do seu médico de quantos carboidratos você deve consumir no seu dia, você vai planejar sua alimentação. Por exemplo, se você comer um pão francês inteiro no seu café da manhã, que tem aproximadamente 30g de carboidratos, precisa subtrair esse número do seu “crédito” diário de carboidratos.

Não se preocupe!

Além de controlar o que comer, o paciente diabético ainda precisa ficar fazendo contas? São nesses momentos que levantamos as mãos aos céus para agradecer pela tecnologia (e seu avanço constante).

Hoje em dia, temos à disposição várias ferramentas para acompanhar nossa saúde. Para quem consegue investir em um relógio smart, por exemplo, eles conseguem até indicar o aumento de glicose no sistema sanguíneo só pelo seu ritmo cardíaco!

Mas, aqui, você lê a respeito de algumas opções que não precisam de investimento algum. Confira os aplicativos gratuitos que vão te ajudar a contar seu consumo diário de carboidratos para ter seu diabetes sempre controlado.


Glucose Buddy: Diabetes

O aplicativo é o mais popular entre os outros da categoria. Tem um layout simples e fácil de usar, além de um banco de dados de alimentos super extenso. Para contar os carboidratos que consumiu no seu dia, basta você encontrar o scanner de código de barras e fotografar o produto que vai consumir.

Depois, basta colocar qual é a porção que colocou no prato, ou copo, e pronto! O app já calcula sozinho a quantos carboidratos esse alimento equivale. Demais, né?

Você também pode usá-lo para inserir dados diários, como seu nível de insulina, pressão sanguínea e atividades físicas. A ferramenta vai montar gráficos para você visualizar seu estado de saúde ao longo do tratamento.

Carb Manager: Keto Diet App 

Em primeiro lugar, vale dizer que este aplicativo não é exclusivo para o acompanhamento do diabetes. Entretanto, também vem com a função de reconhecer códigos de barra dos produtos. Além disso, oferece uma pesquisa por nome do alimento. Isso é útil para coisas compradas na feira, por exemplo, que não têm embalagem. Há também mais de 300 mil receitas cadastradas em seu sistema com redução de carboidratos para você se inspirar.

Ig: Índice e Carga Glicêmica

Desenvolvido no Brasil, esse aplicativo encontra a quantidade de carboidratos e o índice glicêmico correspondente em cada alimento a partir de uma rápida pesquisa no seu banco de dados.

A partir daí, o app também monta gráficos de acompanhamento do seu tratamento! Não tem um site próprio, mas está disponível na App Store , Google Play e para os dispositivos móveis e computadores da Microsoft.

Lifesum: viva saudável

Assim como o Carb Manager, este aplicativo não é exclusivo para pacientes diabéticos. Mas, vai ajudar na contagem dos carboidratos e na perda de peso da mesma maneira. Isso, é claro, além de ter um visual bastante intuitivo.

Você vai colocar suas informações, como peso, altura e condições gerais de saúde. De acordo com os seus dados cadastrados, ele vai montar um plano alimentar personalizado, a partir do objetivo que você escolher – seja perder ou ganhar peso.

O app oferece, também, uma variedade grande de receitas saudáveis, em português, para você montar um cardápio chique e variado. Está disponível para download na App Store e no Google Play.

Glic

O Glic foi um dos primeiros (se não o primeiro) aplicativo brasileiro a surgir para ajudar diabéticos no controle da doença. Um dos fatores mais legais dessa plataforma é que, além das pessoas com diabetes, médicos, nutricionistas e familiares também podem utilizá-lo. Dessa forma, controlam (mesmo que à distância) como está o quadro de saúde daquele indivíduo.

O aplicativo está disponível para download na App Store e no Google Play.

Contagem de Carboidratos – SBD

Disponível para download tanto para o sistema iOS, na Apple Store, quanto para sistema android, no Google Play, o aplicativo oficial da Sociedade Brasileira de Diabetes é um contador de carboidratos muito utilizado.

Além de ser bastante completo, outra vantagem é a fonte utilizada. Afinal, nada melhor do que utilizar, no dia a dia, os parâmetros oficiais da própria sociedade médica em questão para manter os carbos em dia. Há mais de 1300 alimentos cadastrados, além do manual de contagem da instituição.

MySugr

O MySugr e uma outra opção de aplicativo para te ajudar a controlar o diabetes no dia a dia. Nele, você pode colocar dados de refeições, contar carboidratos, lembrar medicamentos e muito mais.

É possível, inclusive, fazer análises de densidade e período de fatores importantes, que podem ser analisados diariamente, semanalmente ou mensalmente, como preferir. Os relatórios apresentados podem ajudar seu médico a manter um tratamento mais assertivo para o seu caso!

Baixe agora na App Store ou no Google Play.

Pronto, agora contar os carboidratos deixou de ser um bicho de sete cabeças!

© Copyright – 2015 Clube do Diabetes. Todos os direitos reservados.

Desenvolvimento: mufasa