Mitos e verdades sobre chocolate e diabetes

Tudo o que você precisa saber sobre esse doce delicioso 
Mitos e verdades do chocolate Clube do Diabetes

Quando uma pessoa recebe o diagnóstico de diabetes, logo vem à mente que o chocolate é carta fora do baralho. Mas, saiba: não precisa ser assim! Basta fazer a escolha certa e comer com moderação, assim como todos os outros alimentos.

Pensando nisso, separamos uma lista com mitos e verdades sobre essa sobremesa tão deliciosa. Confira só:  

Quem convive com o diabetes só pode consumir chocolate diet: MITO

Esse tipo específico de chocolate contém adoçantes artificiais ou edulcorantes como frutose e sorbitol para substituir a sacarose. Essas substâncias podem elevar os níveis de glicose na corrente sanguínea de quem convive com a condição. 

O chocolate ajuda a controlar a hipertensão dos diabéticos: VERDADE

O chocolate amargo pode auxiliar no controle da hipertensão, uma vez que o cacau possui compostos bioativos que melhoram o fluxo do sangue nas artérias.

O diabético está propenso a desenvolver doenças cardíacas ao consumir chocolate: MITO

Assim como citado acima, o tipo amargo possui substâncias que “relaxam” as artérias, ajudando no controle da pressão arterial. Esse docinho também aumenta a quantidade do HDL (colesterol bom), diminui o LDL (colesterol ruim) e protege as artérias de possíveis depósitos de gordura. Mas, claro, em moderação!

O consumo de chocolate diminui a resistência insulínica: VERDADE

Se pessoas que convivem com o diabetes tipo 2 consumirem diariamente cerca de 20g de chocolate por dia, a sensibilidade à insulina tende a aumentar, controlando os níveis de glicose com mais facilidade.

Aliás, se a resistência à insulina se amplia, o aparecimento dessa condição pode ser retardado por quem ainda não a tem! 

O melhor chocolate para os diabéticos é o ao leite: MITO

O melhor tipo de chocolate para os diabéticos é o amargo com 60% a 70% de cacau, pois eles possuem baixos níveis de gordura e açúcares.  

O chocolate amargo ajuda o diabético a controlar o colesterol: VERDADE. 

Um estudo feito pela Hull University, na Inglaterra, reuniu 12 pessoas com diabetes tipo 2, que receberam barras de chocolate normais e algumas enriquecidas com polifenóis durante oito dias. 

Os voluntários que ingeriram o doce enriquecido apresentaram quedas nas taxas do LDL e aumento do HDL. “Essa qualidade de chocolate deveria ser incluída na dieta, para uma melhora na qualidade de vida do paciente”, ressaltou Steve Atkin, um dos coordenadores da pesquisa.

Diabético só podem comer chocolate diet: MITO

É preciso consumir com muita cautela esse tipo de chocolate, pois ele contém carboidratos que podem elevar a glicemia no sangue. Além disso, possui alto teor de gordura que é adicionada à sua composição para conseguir a textura normal desse doce. 

O alto consumo de chocolate favorece o desenvolvimento de complicações relacionadas ao diabetes: VERDADE

As altas taxas de calorias dos chocolates podem levar ao desenvolvimento da obesidade, favorecendo o aparecimento do diabetes tipo 2. 

Mesmo com prós e contras, é importante consumir esse doce em pequenas quantidades e evitá-lo se sua glicemia estiver elevada. Opte por chocolates amargos e tomar cuidado com os produtos diet. Tomando esses cuidados, seu diabetes ficará controlado! 

Aliás, falando em alimentação, tem outras matérias sobre o assunto aqui no Clube do Diabetes! Confira:

Aproveite para seguir o @clubedodiabetes no Instagram. E se quiser ver algum assunto por aqui, deixe um comentário! 

 


SIGA O INSTAGRAM @CLUBEDODIABETES