Estudantes de Universidade criam pulseira que mede nível de glicose

Dispositivo medidor de glicemia promete ajudar no controle do diabetes
Pulseira para medir glicemia Clube do Diabetes

Atualmente mais de 400 milhões de pessoas convivem com o diabetes. Com o objetivo de auxiliá-las, estudantes de Engenharia Biomédica, da Universidade de Brasília (UNB), criaram uma pulseira que tem a capacidade de medir a glicemia. Vendido pela EasyThings, o denominado EasyGlic consegue coletar dados fisiológicos do usuário por meio de sensores inteligentes.

Com os resultados obtidos na medição, a pulseira faz uma análise completa para detectar possíveis picos de hipoglicemia no sangue. Dessa forma, é possível ajudar na prevenção de episódios mais graves.

Os alertas da pulseira funcionam por meio de vibrações e um aviso luminoso. Caso o portador da condição receba e não tenha condições de pará-lo, o aplicativo notifica imediatamente seus contatos de emergência cadastrados por meio de uma mensagem de texto automática.

Extremamente tecnológico, o software dessa pulseira de silicone também tem a capacidade de armazenar as informações coletadas durante todo o tempo de uso. Portanto, é possível acompanhar diariamente da glicemia do paciente.

Quem pode usar a pulseira?

Fabricada no Brasil, a pulseira EasyGlic pode ser usado por pessoas de todas as idades e é resistente à água. Ou seja, você pode utilizá-lo até durante o banho. Além disso, sua bateria tem autonomia de até quatro dias e sua recarga é feita em apenas duas horas.

Com a vida útil de cinco anos, essa pulseira não precisa de nenhum tipo de insumo para funcionar.

Por fim, vale ressaltar que a tecnologia desse aparelho não substitui os glicosímetros. Aliás, esses dispositivos que monitoram os níveis de açúcar por meio de amostras de sangue obtidas com as famosas picadas nas pontas dos dedos são importantíssimos para os diabéticos.

E se você ainda tem alguma dúvida sobre como analisar os resultados dos testes de glicemia e como interpretar valores, além de dicas de como controlá-los, clique aqui!


SIGA O INSTAGRAM @CLUBEDODIABETES