Periodontite e a sua ligação com o diabetes

Periodontite Clube do Diabetes

Entenda como sua saúde bucal está intimamente relacionada ao diabetes

A periodontite está entre os principais problemas causados pelo diabetes. Mais do que isso, o oposto também é verdadeiro: ela está entre as principais causas do distúrbio. Entretanto, muitas pessoas ainda não conhecem a relação entre as duas doenças, por mais íntima que ela seja.

Informação é a base para a prevenção de problemas maiores. É por isso que o Clube do Diabetes vem explicar direitinho tudo o que você precisa saber sobre o assunto!

 

A periodontite

A doença periodontal ocorre mesmo sem a existência do diabetes. Ela aparece pelo acúmulo de placa bacteriana sobre os dentes, que vai abrindo caminho entre os dentes e a gengiva. O que causa um processo inflamatório. E, com o tempo, essa inflamação entra na corrente sanguínea.

Quando é diagnosticada periodontite, normalmente já está em uma fase avançada. Isso é porque, assim como o diabetes, ela não costuma apresentar sintomas dolorosos em seus estágios iniciais. Mas ela é uma condição grave — pode ocasionar mobilidade e perda dentária.

O processo inflamatório resultado da periodontite acaba afetando não só os dentes, mas o organismo como um todo. Inclusive, um de seus efeitos é a dificuldade de absorção de insulina no paciente diagnosticado. É por aí que ela pode causar o desenvolvimento do diabetes.

 

Diabetes como acelerador da periodontite

Pacientes diabéticos precisam redobrar os cuidados dentais, e a falta de informação sobre essa condição é muito perigosa. A inflamação gengival nestes pacientes é muito mais acentuada do que em pacientes não diabéticos.

Isso acontece porque a deficiência no controle de glicose sanguínea aumenta a suscetibilidade a processos inflamatórios e infecciosos. O paciente diabético tem mais dificuldade para reagir a esses processos. Como a inflamação é silenciosa e não dolorida, ela só é detectada quando os danos já são irreversíveis.

A relação entre as duas doenças é tão próxima que 76% dos pacientes diabéticos possuem periodontite! Mas importante: este são os pacientes que não controlam o diabetes corretamente.

Quando o distúrbio é bem controlado, as taxas de ocorrência de periodontite são as mesmas de pacientes não diabéticos.

Ou seja, o diabetes não é a causa direta da periodontite. Porém o paciente diabético precisa ter um acompanhamento muito mais próximo ao dentista do que pacientes não diabéticos. Senão, a inflamação pode se agravar muito mais rapidamente, causando problemas ainda maiores.

 

Informação e prevenção

Assim como todas as outras complicações causadas pelo diabetes, a chave de sua prevenção é estar sempre com o distúrbio bem controlado.

Manter as taxas de glicose na normalidade, seguir as recomendações médicas e manter uma rotina de exercícios e alimentação balanceada é a base do bem-estar de todo paciente diabético. Para controlar a ocorrência da periodontite, são imprescindíveis as visitas regulares ao dentista e uma higiene oral impecável.

Não deixe de acompanhar sua saúde bucal. Ela não é uma questão à parte de sua saúde em geral. Muito pelo contrário, ela pode tanto refletir sua condição de saúde quanto causar problemas maiores!

© Copyright – 2015 Clube do Diabetes. Todos os direitos reservados.

Desenvolvimento: mufasa