Vamos pensar e planejar o 2019

É tempo de refletir e se organizar para alcançar o que almeja

Todo início de ano é tempo de avaliar as atitudes, repensar e planejar os novos dias que estão por vir. Para quem convive com o diabetes, não é uma surpresa falar o quanto o planejamento é importante. Planejamento de hábitos alimentares, de uma rotina de exercícios, itens indispensáveis para sair de casa…

Mas não veja o planejamento como uma coisa ruim. Assim como a rotina de cuidados com a sua saúde, planejar sua vida e o cuidado com seu corpo é algo que todos deveriam estar fazendo.

O estabelecimento de metas e a definição de meios para alcançarmos é uma forma produtiva e organizada de não chegar ao fim de mais um ano com a sensação de que você ficou mais velho e nada mudou. O que nunca é verdade. A gente sempre passa por coisas boas, e outras não tão boas, que sem dúvida representam aprendizado em nossas vidas.

Mas não podemos esquecer de nossos próprios aprendizados. Essa é mais uma das questões que tornam importante a organização. Se não dermos uma boa olhada às nossas escolhas e ao efeito que delas surtiu, aí que nosso tempo foi “perdido”.

Por isso, vamos fazer um exercício simples? Trouxemos algumas etapas para te guiar nesse processo, aliado ao tratamento de seu diabetes:

Olhe-se no espelho

Pense em tudo o aconteceu no ano anterior e pense bem sobre o que foi que causou cada uma das situações.

Seja organizado a respeito, anote em um caderno ou no computador, enfim, onde você preferir. Mas faça uma lista, em primeiro momento na forma de brainstorming — quando você só vai escrevendo tudo o que aparece na sua cabeça, independentemente da ordem cronológica, isso não importa.

Depois disso, coloque os acontecimentos e suas decisões em relações de causa e consequência. Você vai ver que eles vão se encaixar.

Reflita sobre seu ano

Use essa lista para entender por que as coisas aconteceram desse jeito. Será que você se sentiu melhor em uma época que estava praticando um tipo de exercício, que resolveu trocar e a escolha não foi tão boa? Precisamos continuamente nos questionar e reavaliar nossas decisões.

A cada dia você tem que decidir se continua do jeito que é ou muda! Só depende de você. Continue refletindo, sempre sendo sincero com si próprio. Não culpe ninguém, nem sua empresa, nem seu diabetes, pelos obstáculos de sua vida. Não tenha medo de mudar, não tenha medo de vencer! Se o medo de mudar te dominar, você ficará amarrado, paralisado e não se transformará em agente de mudança.

Respire fundo e pense positivo!

Reúna toda essa reflexão e a utilize para planejar todos os meses. Pense quais foram os exercícios que fizeram melhor para o controle de sua glicemia, mas também não deixe de experimentar coisas novas. Ficar naquele loop repetitivo também, ninguém merece.

É importante agregar felicidade aos momentos de obrigação. Se você não é a pessoa que mais gosta de se exercitar, use coisas boas ao mesmo tempo, como ir a um parque ao invés da academia, colocar uma música agradável, combinar com amigos de ter uma rotina divertida para não perder o pique, enfim… escolha as alternativas que servem melhor para você.

No quesito alimentação, se você não é a pessoa mais ligada em alimentação saudável, procure uma forma de se divertir com ela. Compre utensílios charmosos para sua cozinha e para seu transporte, por exemplo. Na vida adulta, quem nega a alegria de comprar um pote novo?

Outra dica essencial: nunca perca de vista o lado positivo de uma experiência negativa. As dificuldades fazem parte da caminhada, os erros fazem parte do aprendizado em busca do sucesso. Focalize seu sucesso e não no que pode te impedir de alcançá-lo. Diga para você mesmo que atingirá seus objetivos, visualize-se como um vitorioso, e olhe para seu futuro mentalizando o que deseja para ter saúde e felicidade.

© Copyright – 2015 Clube do Diabetes. Todos os direitos reservados.

Desenvolvimento: mufasa