Diarreia diabética: o que é e como lidar?

Conheça esse sintoma!

Muitas vezes, o diabetes pode surpreender com determinados sintomas ou circunstâncias. Hoje, o Clube do Diabetes vai falar a respeito de um desses sintomas que não é muito tratado ou conversado. Mas, com certeza, deveria ser! E então, você já teve ou já ouviu falar a respeito da diarreia diabética?

Há vários motivos pelos quais a diarreia pode aparecer em alguém com diabetes. Diabéticos tipo 2 podem apresentar esse sintoma quando iniciam tratamento com o uso da Metformina. Já os diabéticos tipo 1 têm mais probabilidade de desenvolverem uma doença celíaca, ou seja, uma intolerância ao glúten que causa danos ao intestino delgado.

Além disso, poucos sabem, mas alguns alimentos diets podem servir como laxantes, por conterem diversos outros ingredientes químicos que substituem o açúcar. Então, observe se você apresentar diarreia após o consumo de algum alimento ou bebida desse grupo.

Uma outra razão muito comum para esse sintoma é a neuropatia diabética. Os níveis elevados de glicose no sangue, quando não controlados, podem acarretar nessa doença e, consequentemente, apresentar diversas complicações, seja cardiovasculares, nos nervos ou no sistema digestivo. Estima-se que cerca de 60% dos diabéticos mal controlados desenvolvem a neuropatia.

Neuropatia Autonômica

Esse tipo de neuropatia é o que liga o diabetes à diarreia. Diferente da neuropatia periférica, que afeta mãos e pés, aquela doença que te deixa com “pés diabéticos”, como o Clube já explicou, essa afeta órgãos e funções involuntárias.

Por exemplo, você se lembra daquele post que o Clube fez sobre o alto índice de disfunção erétil entre pessoas portadoras do diabetes? Pois bem, a neuropatia autonômica é uma das culpadas desse e outros males, como problemas intestinais.

A diarreia diabética pode ser associada à incontinência fecal; acontece durante a noite, de forma bem aguada e sem dor. Como a neuropatia interfere nos movimentos dos intestinos, as diarreias podem acontecer esporadicamente, alternando entre normal ou constipação.

Prevenção

Quanto mais descontrolado o diabetes, maiores são as chances do corpo desenvolver a neuropatia. Por isso, é muito importante controlar os níveis de glicemia. Lembre-se sempre: é possível ter uma qualidade de vida incrível mesmo tendo diabetes!.

Mas, para isso, siga o seu tratamento de forma efetiva, além de se alimentar de forma saudável e procurar se exercitar sempre. O Clube traz várias dicas de como ser feliz tendo diabetes. Então, não deixe de ler nossos posts!

© Copyright – 2015 Clube do Diabetes. Todos os direitos reservados.

Desenvolvimento: mufasa