A falta de insumos para diabéticos no Brasil

Não diminua a sua voz. Lute pelos seus direitos!

De acordo com o Ministério da Saúde do Governo Federal, todo cidadão tem direito ao acesso ordenado e organizado aos sistemas de saúde. Todo cidadão tem direito a tratamento adequado e efetivo para seu problema. Todo cidadão tem direito ao atendimento humanizado, acolhedor e livre de qualquer discriminação.

Todo cidadão tem direito a atendimento que respeite a sua pessoa, valores e direitos. Todo cidadão também tem responsabilidades para que seu tratamento aconteça de forma adequada. Todo cidadão tem direito ao comprometimento dos gestores da saúde para que os princípios anteriores sejam cumpridos.

Os princípios acima foram copiados da Carta dos Direitos dos Usuários da Saúde, do Ministério da Saúde, que asseguram (na teoria) a qualquer cidadão, tudo aquilo que é necessário para que qualquer tratamento de saúde seja disposto com excelência.

É direito do cidadão, pela Constituição Federal, o acesso completo aos serviços e ações públicas de saúde no Brasil. No que diz respeito ao diabetes, a Portaria nº 2.582/2007 diz com clareza que é obrigação do Estado o fornecimento de medicamentos e insumos às pessoas com a doença.

Porém, como é sabido, as coisas não funcionam dessa forma na prática.

A constante falta de medicamentos e, minimamente, de informações preocupa a todos. Diabéticos precisam monitorar a doença diariamente. O controle deve ser sempre preciso, os medicamentos devem estar sempre à disposição para que a falta seja um problema ilusório – e não o contrário.

Infelizmente, a falta de insumos é uma realidade. No final do ano passado, o Bom Dia Brasil noticiou sobre o assunto, com uma reportagem detalhada de informações e exemplos reais da situação atual. Clique aqui para assistir.

Em notícia ainda mais recente, o G1 divulgou casos de diversos diabéticos no centro-oeste Paulista que estão sofrendo com a falta de insulina e outros medicamentos necessários para o controle do diabetes. Clique aqui para conferir.

Assim como todas as pessoas que apareceram nas reportagens acima, você também deve ter coragem para contar o seu caso. Se você tem sofrido com a falta de insumos, não deixe o medo ou a vergonha calarem a sua voz.

É seu direito receber assistência à saúde. É seu direito receber todo e qualquer medicamento necessário pelo SUS. Faça o que for necessário para que as suas necessidades sejam atendidas e, mais do que isso, para ajudar a mudar o cenário atualmente triste do sistema de saúde brasileiro.

Registre reclamações, exponha os problemas, exija soluções cabíveis e ágeis. Não ature falta de informações ou ser ignorado. Fale com o quem for preciso – dos fabricantes do medicamento, aos farmacêuticos da sua região ou ao Estado, se assim necessário.

Chega de desrespeito com a população!

Fontes:

http://www.momentodiabetes.com.br/2017/08/02/o-que-fazer-quando-faltam-insumos-medicamentos-ou-atendimento-no-sus/
https://globoplay.globo.com/v/6076159/?utm_source=facebook&utm_medium=share-bar-desktop&utm_campaign=share-bar
https://g1.globo.com/sp/bauru-marilia/noticia/diabeticos-de-centro-oeste-paulista-reclamam-da-falta-de-insulina.ghtml
http://conselho.saude.gov.br/biblioteca/livros/cartaaosusuarios02.pdf

© Copyright – 2015 Clube do Diabetes. Todos os direitos reservados.

Desenvolvimento: mufasa