Evolução no tratamento do Diabetes tipo 2

Em workshop promovido semana passada, os laboratórios Boehringer Ingelheim e Lilly apresentaram a segurança de novo medicamento para o tratamento do DM2

doencas cardiovascularesCerca de uma a cada duas mortes nos pacientes com Diabetes no mundo ocorre por doença cardiovascular, tornando essa a principal causa de morte entre estes pacientes. A relação entre o diabetes e a doença cardiovascular é complexa: o Diabetes é um fator de risco para a doença cardiovascular e condições como pressão alta e obesidade ( diabetes tipo 2, principalmente).

Evitar eventos cardiovasculares, incluindo morte, é um dos objetivos centrais do tratamento do diabetes. O controle do risco deve começar através do controle glicêmico, reduzindo os índices de glicose no sangue muitas vezes usando medicamentos, que são aliados à atividade física e dieta.

No dia 05 de maio passado, participamos de um workshop promovido para debater novidades sobre o tratamento do diabets tipo 2. Na ocasião, foi apresentado os mais recentes do estudo EMPA-REG OUTCOME® demonstrando que o anti-diabético oral empaglifozina (comercializado como Jardiance® ) é o primeiro a reduzir a mortalidade por doenças cardiovasculares em pacientes com Diabetes Tipo 2

Nota: foto meramente ilustrativa

Este medicamento, resultado de uma aliança dos laboratórios Boehringer Ingelheim e Lilly, é um inibidor do SGLT2, proteína transportadora que atua na absorção da glicose filtrada pelos rins, impedindo que ela seja eliminada pela urina. Com a utilização deste medicamento, o paciente pode eliminar até 78 g de glicose pela urina, baixando assim a glicose no sangue do diabético. Resultado: Diminuição significativa dos valores de Hemoglobina Glicada.

Os inibidores de SGLT2 são uma forma eficaz de reduzir a glicose sanguínea que, além desta redução, ainda tem benefícios adicionais na redução do peso corporal e da pressão arterial ( mas que não devem ser usados somente para este fim).

Participaram do evento especialistas nacionais e internacionais, como o Dr. Eugene Wright , da Carolina do Norte – EUA, Dr. Andrés Palacio, de Medellin – Colombia , e o Dr. José Saraiva – da UNICAMP, Campinas – SP, envolvidos no estudo, além da Dra. Thais Melo, do laboratório Boehringer .

Sem dúvida, os resultados apresentados mostram uma grande evolução tanto no tratamento de pacientes com DM2, quanto na qualidade de vida que podem proporcionar a estas pessoas. Para maiores informações,visite os sites Boehringer Ingelheim, Lilly e New England Journal of Medicine

 

 

Referencias:
Brazil – International Diabetes Federation
O que é Diabetes – SBD para o público
Jahagirdar V et al. Expert Opinion Pharmacoterapy 2014
Heise T et al Diabetes Obes Metab 2013
Boehringer Ingelheim and Lilly

 

© Copyright – 2015 Clube do Diabetes. Todos os direitos reservados.

Desenvolvimento: mufasa