Páscoa e diabetes…como lidar com a farra dos ovos de Páscoa?

Sabemos que, na verdade, a Páscoa não é exatamente a festa dos coelhinhos distribuindo ovos de chocolates pela casa, certo? Festa religiosa, a data se tornou ( como tudo atualmente) absurdamente comercial e é quase impossível não se envolver com os apelos ao qual somos expostos todo o tempo.

Colomba pascal, bolos de páscoa, coelhinhos, ovinhos, almoço. Parece um pesadelo parecido com as festas de fim de ano, não? E como se sair ( bem) diante de tantas gostosuras? E o nosso tão adorado chocolate?

Resolvi escrever este post porque, quando olho para trás e me lembro de quando eu era criança ( já diabética), a falta de controle efetivo provavelmente faziam minha glicemia subir nas alturas. Principalmente porque eu não gostava de chocolate tradicional, só do “chocolate branco” , que sabemos que na verdade nem deveria ser chamado de chocolate, pois nem cacau tem em sua composição, além de ser uma verdadeira “bomba” de açúcar. Se eu não fazia contagem de carboidratos, imagino o tamanho do estrago!

Muita coisa mudou ao longo desses 35 anos que convivo com o diabetes. A minha geração simplesmente não podia comer doces, pães, massas.

Hoje, com a contagem de carboidratos, os diabéticos levam uma vida normal, controlando alimentação, hábitos diários como sono, descanso, atividade física, anti diabéticos orais ou insulinas. E assim vamos longe. Desta forma, pode-se sim desfrutar das coisas gostosas da vida, como tudo o que é oferecido nessa época de páscoa.

O que vale para a a vida ( e não só para esse feriado) é o equilíbrio, saber que temos limites e que eles devem ser respeitados. A nossa glicemia agradece.

 Diabéticos podem comer chocolates?                

Chocolates podem fazer parte da nossa dieta com moderação

Chocolates podem fazer parte da nossa dieta com moderação

 Muitas pessoas acham que nós , diabéticos, não podemos comer chocolate! Já ouvi muuuuuita gente dizendo que morreria se descobrisse que está diabético, pois ama doces e não vive sem chocolate.

Devemos nos preocupar bastante com as quantidades consumidas, pois esta delícia é rica em açúcares, gorduras, calorias. E não podemos nos dar ao luxo de exagerar em nenhum dos três itens!

Claro que o ideal é sempre, sempre, conversar com o nutricionista sobre sua dieta, juntamente com o endócrino e programar uma quantidade para cada dieta, levando em consideração seus exames, peso, atividades….assim tudo fica bem controlado e podemos aproveitar!

Se o diabético estiver com a glicemia em ordem, eel pode sim comer seu delicioso chocolate, com parcimônia, com os cuidados de medir a glicemia, aplicar insulina se necessário .

Com a tabelinha abaixo, fica mais fácil visualizar os valores nutricionais e com isso, se comportar na hora de “atacar” um barra inteira:

 

CHOCOLATE AO LEITE 25G CONTÉM:Gorduras totais  20% consumo diário Açucares   15g

 Calorias  130kcal

 

Que tipo de chocolate é mais aconselhável o diabético consumir?

 Com as informações nutricionais do chocolate ao leite que acabamos de ver, é de se imaginar que uma opção com, se possível, menor quantidade de açúcar seria o ideal, não é mesmo?  E que chocolate é esse?

Os chocolates mais aconselháveis para o diabético são os que possuem uma concentração maior de cacau em sua composição, os meio-amargos ou amargos, muito presentes no mercado brasileiro atualmente . Ricos em flavonoides ( substância antioxidante que ajuda na proteção do coração) Eles são mais escuros que as opções ao leite e possuem o gosto mais forte e amargo do cacau ( dependendo da concentração) . Eles possuem, consequentemente, uma quantidade menor de açúcares e gorduras e acreditem, trazem uma saciedade incrível para aquela vontade de comer um docinho após as refeições!

E o chocolate diet?

 Cuidado! Ao contrário do que muitos pensam, o diet não pode ser consumido sem moderação. Os diets em sua maioria tem uma menor quantidade de açúcar ou ao invés dele, tem em sua formula algum adoçante artificial e, para que seu sabor seja agradável, tem adicionado uma quantidade maior de gorduras que o chocolate tradicional. Por esta razão , se me perguntassem qual chocolate gostaria de ganhar nesta pascoa, com certeza, eu pediria um meio amargo! 😉

 

Boa Páscoa!

Boa Paácoa!

 

Fontes de consulta:

Universidade Católica Digital

Diabeticool

Revista Veja

 

 

 

 

 

 

 

 

© Copyright – 2015 Clube do Diabetes. Todos os direitos reservados.

Desenvolvimento: mufasa