Desmistificando o Diabetes

Recebi há alguns dias o RSS de um site bem interessante que sigo há muito tempo, o Sou Diabético.

Achei tão bacana e simples o que ele diz sobre alguns mitos sobre o Diabetes que resolvi repassa-lo aqui no blog.

Muita gente acredita, escuta, fala coisas sem o devido conhecimento da causa, e o que ser;a falado aqui vale para os “novos no pedaço” , para os que convivem com isso e não sabem muito sobre o assunto.

Com ele não se brinca. O Diabetes PRECISA  ser levado a sério. Mesmo!

 

ALGUNS MITOS SOBRE O DIABETES

PENSANTE

1) Todo diabético é obeso.Canseeeeeeeeeeeeeeei de ouvir cometários do tipo ao longo da vida “Nossa, você é diabética, mas é tão magrinha! Como pode? Coitada!’… O diabetes tipo 1 acomete jovens, geralmente nas primeiras duas décadas de vida, e não tem relação com o peso, surge pois trata-se  de  um defeito no sistema  imunológico. O Diabetes Tipo 1 é auto – imune. E , na grande maioria das vezes, não ;e hereditário.  Também existem pacientes com o tipo 2 da doença que são magros, cujo organismo possui resistência à insulina por fatores genéticos ainda desconhecidos.

2) A aplicação de insulina causa dependência química. Não se trata de dependência química, mas de necessidade vital. Pacientes com Diabetes Tipo 1 não produzem mais insulina naturalmente, sem insulina, muitos pacientes morreriam. Eles precisam repor este hormonio vital através da insulina sint;etica. Isso não significa que eles sejam viciados na substância. E hoje já se faz uso de insulina em pacientes com tipo 2 , quando o tratamento com medicamentos orais torna-se insuficiente. Nada de dependencia, isso é necessidade vital.

3) Produtos diet e light estão liberados. Nem sempre. No caso dos diet, é preciso checar se são mesmo  indicados para dietas com restrição de açúcar (existem produtos diet para pessoas que não podem ingerir sódio ou proteínas, por exemplo) e se eles não têm alto teor de carboidratos ou gordura saturada, que também devem ser evitados. Os produtos light não são obrigatoriamente livres de açúcar ou de qualquer outro nutriente. Eles podem ter apenas um teor reduzido. Por isso, qualquer consumidor, e principalmente quem sofre de diabetes, deve sempre checar a tabela nutricional presente na embalagem dos alimentos.

4) Comer muito doce provoca a doença. O hábito de comer açúcar demais (além de gordura e carboidratos), a hereditariedade e a falta de atividade física são fatores de risco para diabetes do tipo 2. Não dá para apontar apenas os doces como culpados. Como dito anteriormente, o Diabetes Tipo 1 só é desencadeado por uma deficiência no sistema imunológico, e se manifesta principalmente em crianças e adolescentes. Porém, já existem casos de crianças com Diabetes Tipo 2, e neste caso, o estilo de vida pode sim CONTRIBUIR  para o aparecimento da doença. Vejam a reportagem do link abaixo.

Crianças também são vítimas do diabetes tipo 2

Comer muito doce provoca diabetes?

Comer muito doce provoca diabetes?

5) A doença faz parte da velhice. A ocorrência de diabetes tipo 2 aumenta com o decorrer da idade, o que não significa que todo idoso será diabético. E hoje em dia crianças e jovens têm desenvolvido a enfermidade cada vez mais cedo, pelo fato de não exercitar o corpo e comer produtos com excesso de açúcar, carboidratos e gordura.

6) Diabéticos não podem beber álcool. O consumo de álcool é permitido, mas deve ser feito com cuidado: de forma moderada e nunca de barriga vazia, para não provocar hipoglicemia (queda na taxa de açúcar no sangue). Evite bebidas com açúcar. O ideal é sempre beber  e comer algo  junto, alternando também com água.

7) Diabéticas não podem engravidar. As diabéticas só precisam manter uma dieta equilibrada e praticar exercícios físicos para não engordar demais e seguir com rigor as orientações do médico sobre as formas de controle dos níveis de glicose no sangue. Para as diabéticas que possuem complicações na visão, rins, coração ou neuropáticas, é necessário um acompanhamento rigoroso alguns meses antes da gravidez, durante e depois.

Fonte: Alex Leite, endocrinologista do Hospital e Maternidade São Luiz

Retirado de M de Mulher

 

 

  • TAGS:

SIGA O INSTAGRAM @CLUBEDODIABETES