Um erro bobo que custo beeeem caro – Parte 2

Esse não só custou caro, como quase me liquida no Dia dos Pais.

Claro que ontem foi um dia em que eu estava bem dodoi, com saudades do meu velho, querendo abraça-lo, beijá-lo e ficar horas e horas e horas em nossas conversas sem fim e tive que me contentar apenas em levar flores ao Cemitério do Redemptor e cuidar daquele cantinho em homenagem a ele….isso tudo me deixou bem instável. Dois anos se passaram e eu ainda sinto como se ele estivesse aqui. Se é que não está …. 😉

Mas nem essa cabeça fora do ar justifica acordar cedo, tomar café da manhã e sair para a feira livre  SEM TOMAR INSULINA.  Detalhe, meu café da manhã teve uma dose alta de glicose, já que ingeri suco de laranja, leite desnatado e pão integral com manteiga e geléia sem açúcar ( mas que contém, sim, o açúcar das frutas, logo…)

Só me dei conta da burrada quando estava saindo do mercado, indo para casa descarregar as coisas e pegar a mala que levaria para o Clube. Senti sede, dor de cabeça e muita dor nas pernas. E me dei conta que, ao meio dia, eu havia acordado, ficado tensa com aquele jogo de volei desesperador ( final do volei masculino contra a Russia), tomei café da manhã e saí acelerada pra comprar tudo, correr no cemitério e ainda passar umas duas horinhas no sol antes do almoço do dia dos pais com o sogro.

Resultado da deslizada: quando fiz a ponta de dedo, 492. Meu Deus do Céu.

Corrigi com a Humalog, dupliquei a quantidade de liquidos e fui monitorando ao longo do dia. E vale o que minha endocrino sempre diz: se no início do dia vc estiver com a glicemia alta, vai ser chato controlar ao longo do dia. A bendita subiu, desceu, subiu, tive hipo antes do jantar, e fui dormir com ela alta.

Consegui colocar os valores no lugar, hoje ja está nos desejados 95 mg/dl.

Mas as sequelas de um pico hiperglicemico como este ficam por uns dias sem dúvida….estou com dor, cansada, com sono….

Eu criei uma rotina que, quando quebrada, dá nesse tipo de atitude insana. Deixo meu glicosimetro e insulinas, além dos remédios de uso contínuo que tenho que usar para a tireóide e rins, tudo dentro da gaveta do meu criado mudo. Quando acordo, a primeira coisa que faço é medir a glicemia, tomar as insulinas e comprimidos e só depois vou para o banho, café e rotina. 

Se algo interromper esse ciclo matinal, como já aconteceu algumas vezes, algo sai errado. Ou eu esqueço das insulinas, ou saio e não levo comigo o aparelho e a insulina rapida. E o caos está instalado.

Aqui fica então a dica para os diabéticos desligados, os novatos, os acelerados ou os desencanados demais…..criem uma rotina para seu tratamento. Mesmo eu que sou uma geminiana nata, detesto rotina, tive que me habituar a isso. Essa é a rotina que vai fazer de você uma pessoa NORMAL.

Espero não cometer mais uma dessas…só eu sei como estou querendo deitar e dormir hoje…o corpo está moído!

Se eu não criasse esse ritual matinal fico imaginando como seria…se com ele eu ainda cometo esses erros…imaginem sem!!!!

 

 


SIGA O INSTAGRAM @CLUBEDODIABETES