Dica de um blog super legal sobre armazenamento de insulina!

Acabei de ver no face, e tenho que postar isso aqui, porque eu levei MUITOS anos cuidando da minha insulina de forma errada. Guardava na geladeira dentro de uma caixa de isopor, na porta da geladeira, reaproveitava algumas vezes a mesma agulha….vale muito a pena ler!!!

Insulina é como o ovo, requer cuidados especiais

O que o ovo tem a ver com a insulina? Mais do que vocês imaginam, porque, assim como o ovo, a insulina é uma proteína que se comporta nas diversidades das condições ambientais a que ela é submetida.

 

O que acontece com o ovo se batemos a sua clara ou o colocamos sob uma fonte intensa de calor? Ele passa por transformações que alteram sua forma original. O mesmo acontece com a insulina. Por isso devemos tomar alguns cuidados, evitando:

  • Agitação extrema;
  • Alterações de temperatura (frio abaixo de 2 graus ou calor acima de 30graus);
  • Exposição excessiva ao ar (frascos em utilização por mais de 28 dias);

As transformações estruturais sofridas pela insulina, nessas situações descritas acima, não são perceptíveis visualmente, como no ovo, mas podem levar ao comprometimento do efeito desejado por ela. Ou seja, ela pode perder a sua função.
Por isso devemos ter um cuidado especial ao armazenar e/ou manipular a insulina.

Cuidados que devemos ter com a insulina

  • Não guardá-la na porta da geladeira, pois com o abre e fecha da porta, as variações de temperaturas são muito grandes.
  • Não armazená-la próximo ao congelador da geladeira, evitando assim que ela se congele. Guarde sua insulina nas prateleiras próximas a gaveta de frutas e verduras.
  • Insulina que se encontra em uso, pode ser mantida fora da geladeira, desde que a temperatura ambiente não ultrapasse os 30 graus, devendo ser usada em até 28 dias.
  • Ao transportar o frasco de insulina em caixa de isopor, devemos evitar que ele fique rolado de um lado para o outro.
  • Quem usa insulina em caneta, deve retirar a agulha a cada uso, evitando assim a entrada de ar, que pode modificar a eficácia da insulina.

Escrito por: Mônica Amaral lenzi – Farmacêutica | Educadora em Diabetes (30/03/2012)www.docevidadiabetes.com.br

 
  • TAGS:

SIGA O INSTAGRAM @CLUBEDODIABETES