Uma viagem especial….

Hoje vi várias reportagens interessantes no site da SBD ( Sociedade Brasileira de Diabetes) e esta é uma quero colocar aqui, nos posts diários, Logo mais tem feriadão chegando ( Corpus Christi), férias escolares, etc, etc….e se vc, como eu, acha que viajar é, sem dúvida, uma das MELHORES coisas dessa vida, lá vão as dicas….super legais!!!!

Viagens e Diabetes

Os brasileiros estão viajando como nunca. Muitos deles portadores de diabetes. Além das preocupações e providências necessárias para uma viagem, os cuidados com o tratamento não devem ser esquecidos.

Antes de qualquer coisa, se a pessoa não estiver bem de saúde no momento e se a viagem puder ser adiada, é aconselhável transferi-la. Se está tudo bem, vejamos algumas medidas necessárias.

Qual o seu destino?                                                                               
Uma praia ou montanha no fim de semana ou um período de férias? 
Uma viagem a uma cidade pequena no interior do Brasil? 
Uma cidade grande ou uma viagem ao exterior?

Que tipo de assistência médica você terá caso seja necessário? 
Há assistência médica pública ou a seu Plano de Saúde? 
Em caso de emergência, onde posso encontrar assistência médica?

Tenho medicamentos suficientes para o período da viagem?               
Comece por fazer uma lista dos medicamentos que você utiliza. Calcule a quantidade necessária de cada um para o período. Peça a seu médico uma receita contendo todos os seus medicamentos se possível um laudo com diagnostico de diabetes, outras condições associadas e eventualmente algum cuidado que ele recomenda em caso de emergência. Quem mede rotineiramente a glicose em casa não se esqueça de levar as tiras e o aparelho de medir a glicose.

Caso você use insulina, acondicione-a bem em embalagens que evitem grandes variações térmicas. As seringas para aplicação da insulina não podem ser esquecidas da mesma forma que as agulhas para uso nas canetas. As prescrições de insulina não podem ser esquecidas.

Programe as refeições, evite atrasos e tenha sempre na bolsa de mão um lanche saudável que possa ser usado até que chegue a próxima refeição se estiver atrasada.

De igual importância é ter à mão açúcar ou um alimento que contenha açúcar para consumo imediato em caso de sintomas de hipoglicemia.

Em caso de viagens internacionais.              
Quando se trata de viagens internacionais, a ansiedade natural em cumprir as formalidades com as autoridades alfandegárias é maior pelo fato da pessoa transportar medicamentos e algumas vezes, seringas.  Não é necessário preocupações. Há legislação específica que ampara o direito da pessoa transportar os medicamentos necessários a seu tratamento. Isso é visto pelas autoridades com naturalidade.

Com os necessários cuidados,  BOA VIAGEM.

  • TAGS:

SIGA O INSTAGRAM @CLUBEDODIABETES