Os benefícios da natação para quem tem diabetes

Os benefícios da natação para quem tem diabetes

Controle da glicemia, peso, colesterol, além de promover relaxamento. Essas são alguns dos muitos benefícios da natação para quem tem diabetes! Confira a seguir.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Falamos sempre por aqui que a realização de atividade física é muito importante para pacientes com diabetes. Já foi demonstrado em muitos estudos que a realização de exercícios reduz os níveis de glicose e melhora a ação da insulina, além de reduzir também os níveis de colesterol e ajudar no controle do peso. Essas ações podem reduzir a necessidade de medicamentos orais e a dose de insulina a ser aplicada. Além contribuir bastante para a melhora do humor, ajudando a enfrentar os problemas da doença. E sabemos que muitas vezes o tratamento cansa um pouco, não é mesmo?

A natação é um esporte que possui muitas vantagens para todos nós, principalmente para que tem diabetes, seja ela qual for. Além dos benefícios já citados acima, ainda possui uma vantagem que merece ser considerada: não possui atrito algum, o que não sobrecarrega articulações, o que evita lesões ou não complica as já existentes no paciente.

Posso citar mais um benefício? Mexe com todo o corpo ajudar a relaxar !

Natação não ajuda somente aqueles já diagnosticados com diabetes, mas também pode ajudar a impedir que esta condição se desenvolva. É sabido que a inatividade geral, o sedentarismo, é a principal causa de diabetes tipo II, e exercícios aeróbicos pode representar uma maneira de garantir que se mantenha um estilo de vida ativo e saudável. A natação fornece ótimos benefícios mentais, e tem sido demonstrado que na luta contra uma doença, uma atitude positiva pode fazer maravilhas para aliviar os sintomas.

Existem clubes municipais que oferecem aulas e piscinas gratuitas em várias cidades, basta se informar, caso você não possa pagar uma escola, que muitas vezes custam mais caro que uma academia convencional. Informe-se!

swimming-pool

Alguns cuidados que devem ser tomados para iniciar a pratica de natação

  • Converse antes com seu médico antes , que poderá pedir exames específicos para checar sua condição, como exames cardiológicos, exames para neuropatia, etc.
  • Converse com o instrutor / professor e comunique quem tem diabetes. Pode haver a necessidade de interromper seu treino por conta de uma hipoglicemia, para correção.
  • Use uma pulseira ou alguma forma de identificação, informando que você tem diabetes
  • Os indivíduos que desenvolveram a neuropatia devem ter alguns cuidados ao realizar exercício. O aconselhável para que tem esta complicação é que vá aumentando gradativamente a intensidade do exercício, por exemplo.
  • As pessoas devem realizar constantemente a avaliação dos pés quanto a feridas, pois elas podem se complicar em pacientes com diabetes. Com feridas abertas, o ideal é não nadar.
  • As doses de insulina, tanto para quem usa seringas e canetas, ou bomba, poderão ser ajustadas e devem ser acompanhadas de perto, com medições frequentes ( converse com o medico, caso você seja um portador de DM2, para ver quais serão suas necessidades)
  • Tome um banho imediatamente após da natação. Sua pele é mais sensível a produtos químicos utilizados para manter a qualidade da água da piscina. Após o banho, use um bom hidratante em todo seu corpo

E para qualquer atividade que você vá praticar, NUNCA a se esqueça:

  • Escolha de um tipo de exercício que não entre em conflito com as complicações do diabetes (ex. exercício de braço ou natação para pacientes com ulcerações freqüentes no pé).
  • Medir a glicose sanguínea antes, durante e depois da atividade física.
  • Ingerir carboidrato extra quando for realizar um exercício não planejado (de 20 a 30 mg para cada 30 minutos de exercícios).
  • Ter sempre a mão, durante o exercício, carboidratos facilmente absorvíveis
  • Ter sempre um plano de exercício.
  • Realizar o aquecimento adequado.
  • Nunca terminar o exercício de forma abrupta.
  • Realizar sempre uma hidratação adequada.
  • Se possível, realize os exercícios com um companheiro informado de sua situação.
  • Usar roupas e calçados adequados.
  • Inspecionar o sapato quanto a corpos estranhos.

 

© Copyright – 2015 Clube do Diabetes. Todos os direitos reservados.

Desenvolvimento: mufasa